É a vida feita para quem não é fraco

setembro 3, 2014 at 9:33 pm Deixe um comentário

É a vida feita para quem não é fracoÉ o despertador que toca, um aperto no soneca e outro atraso está garantido. Um trem que já vem lotado, o email não respondido e o tempo que já se perdeu. A espera que deu sono, outro copo de café e uma nova mensagem no WhatsApp. É uma crise de identidade, um pesar na consciência e um aperto no peito. São lembranças singelas dos nossos melhores momentos, registrados juntos com minhas pornografias no celular. Tarado! Uma nova amizade conquistada, um beco sem saída e o coração dilacerado. É menos açúcar no sangue e sal na comida. É a moda do suco verde. Mais confiança diante do espelho, menos maquiagem em corrente da rede social. Menos fé no amor sem atitude, mais saúde em brindes no bar.

É uma fuga da estrada, um avanço de sinal e carteira perdida na Lei Seca. Um disfarce de saudade que não bateu, outro sorriso bobo e uma piada censurada. Um monte de frases que só começa com eu, verbos que se conjugam sem o nós e indiretas postadas no twitter. É um emaranhado de sensações, o embrulho no estômago e um presente de grego. Otário! É algo que foi breve e deveria durar. Filas nas portas de restaurantes, dentes brancos com hálito puro e promessas de vida nova em fotos nunca reveladas. É poesia nas flores murchas de um buquê no lixo, ligação não atendida e o desaprender dos meus limites. Para mais paixões avassaladoras e relacionamentos doentios.

É o acaso que nunca aconteceu, um medo maior que meus sonhos e o destino pregando suas peças. É Deus dando risada enquanto faço planos. Outro selfie para o Instagram, comentário banal sobre política e violência baseada na intolerância. O vencimento da carteira falsa de estudante e uma vida que não me deu o desconto da meia entrada. Mais um avião que decola, outra carta que não foi enviada e a restituição do imposto retido na malha fina do leão. Ladrão! Aquele sonho que nunca se realizou, a certeza da perda de quem nunca ganhou e porta batida que nunca emperrou. . Foi tudo o que eu deveria ter sido, mas quando o despertador tocou, apertei o soneca e me atrasei para tudo o que lembro do que não vivi, o suficiente para esquecer.

Bruno Cazonatti

Anúncios

Entry filed under: Ácidos.

Porque cada passo que damos é para frente Fundamental para continuar a caminhada com felicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


O Poeta Corrosivo:

Bruno Cazonatti - Carioca, balzaquiano. Um redator feito de resto das estrelas, que insere neste espaço os seus textos e segredos de muitas lembranças caladas, rascunhos amassados e a poeira dos pés da sua curta estrada.
Faz poesia barata com seus segredos revelados em textos compostos de desejos implícitos, e apimenta suas letras mudas, com contos imaginários, salpicados da acidez que aparece entre raios de sol e a tempestade de palavras com aroma de chuva.
Tudo isso, bem misturado às mensagens rabiscadas na essência da sua vida.
----------------------------

Os textos deste blog estão protegidos pela lei nº. 9.610 de 19-02-1998.
Não copie sem permissão.
[Ácido Poético® - Todos os direitos reservados]

http://www.twitter.com/cazonatti

ø Textos Protegidos por Direito Autoral ø

Creative Commons License
Ácido Poético by Bruno Cazonatti is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at Ácido Poético ®.
Permissions beyond the scope of this license may be available by: cazonatti@gmail.com

Às vezes balbucio algo no Twitter:

  • Obrigado, São Judas. Sobrevida ao Zé. Time que quer ser campeão não pode depender de sorte. 2 days ago
  • Já está na hora de pedir um Waldermar Lemos no lugar do Zé Teimoso Ricardo. 2 days ago
  • Oi gato! Você está triste porque eu perdi o pênalti? Fica tisti não. ( @orricopontocom ) https://t.co/R4T3L9sYxA 3 days ago
  • Desde a Era Bruno não tínhamos um goleiro de alto nível. Bem vindo, Diego Alves! Goleirão @Flamengo! Enfim uma realidade, chega de apostas! 1 week ago
  • São dois times que brigam por título. Hoje perdemos.Faz parte, não existe time invencível. Tem muito campeonato pela frente. Nada acabou. 1 week ago

%d blogueiros gostam disto: