Pra Tu

janeiro 8, 2010 at 7:12 pm 4 comentários

Mais leio que rascunho. Escrita ausente. Deixei as mensagens natalinas e os desejos de um bom novo ano de lado. Tempo escasso, repleto de preguiça. Se eu tentasse delinear palavras, seriam clichês. Então, porque eu escrevo agora?

Pra mim
Pra nós

Certamente não para pedir perdão, ora! E daí, quem liga? Aqueles que não querem morrer? Balela! Não, mas tem alguns que querem evitar o surto. Culpa do cotidiano. O que fazer para sair do senso comum? Sonhar.E, além de fazer viajar, o que mais adianta sonhar?

Pra evitar a dor.
Pra voar mesmo com os pés no chão.

Despejo palavras para criar histórias, surrupiar falácias, sucumbir erros, anuviar pecados e nem sempre contar verdades. Não, não tem essa coisa de empurrar pela goela abaixo! Se você quiser, pode vomitar todos os sentimentos por si.

Dedo na garganta
Bulimia

São tantas coisas a escrever, muitas a dizer. Viés que já não lembro a tonalidade, mas sei de cor. Colorido. Mas, pra quê tantas desculpas ou justificativas enfadonhas?

Pra pedir perdão
Pra desejar tudo de bom, não somente em épocas sazonais

Primeiro a saúde, prosperidade é consequencia. Cuide-se, permita-se. É possível existir além de todos os questionamentos plausíveis.

Entry filed under: Ácidos.

Raso Profundo Basta que Haja

4 Comentários Add your own

  • 1. Simplesmente Outono  |  janeiro 9, 2010 às 3:23 pm

    Meus olhos procuram por letras, pontos, vírgulas, verdades, todos nos seus devidos lugares. Falo de conteúdo e cá estou.
    Gostei!
    Gostei muito!
    Gostei demais!
    Gostei tanto que será inevitável não voltar. Por que perder de vista algo tão gostoso de ser lido? Ficamos combinados assim: volto sempre que puder para continuar lendo-te.
    Folhas secas com extremo carinho e respeito pelo teu chão.
    Eu, Simplesmente Outono.

    Responder
  • 2. João Paulo  |  janeiro 10, 2010 às 6:22 pm

    Muito bom seu texto. Coisas simples mescladas com gênialidade de bom escrito.

    Que 2010 seja muito mais cheio de saúde, paz, alegrias…
    abraços,

    Responder
  • 3. Diana  |  janeiro 29, 2010 às 11:31 pm

    Sumi, nem deve se lembrar de mim rs
    Tinha um blog, algumas margaridas, será que lembra?
    Bem, tenho um Varal agora

    Responder
  • 4. Paloma Garcez  |  janeiro 31, 2010 às 4:10 pm

    Cuide-se e permita-se. Este é meu lema.
    Como a amiga aí de cima também voltei.
    Beijos

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


O Poeta Corrosivo:

Bruno Cazonatti - Carioca, balzaquiano. Um redator feito de resto das estrelas, que insere neste espaço os seus textos e segredos de muitas lembranças caladas, rascunhos amassados e a poeira dos pés da sua curta estrada.
Faz poesia barata com seus segredos revelados em textos compostos de desejos implícitos, e apimenta suas letras mudas, com contos imaginários, salpicados da acidez que aparece entre raios de sol e a tempestade de palavras com aroma de chuva.
Tudo isso, bem misturado às mensagens rabiscadas na essência da sua vida.
----------------------------

Os textos deste blog estão protegidos pela lei nº. 9.610 de 19-02-1998.
Não copie sem permissão.
[Ácido Poético® - Todos os direitos reservados]

http://www.twitter.com/cazonatti

ø Textos Protegidos por Direito Autoral ø

Creative Commons License
Ácido Poético by Bruno Cazonatti is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at Ácido Poético ®.
Permissions beyond the scope of this license may be available by: cazonatti@gmail.com

Às vezes balbucio algo no Twitter:


%d blogueiros gostam disto: